Inscrições onlineRenovações online Contactos Ala AirSoft
 ALA
 Airsoft
 Documentação
 Associados
 Regulamentos
 Serviços FPA





Comunicado da Associaçao Lusitana de Airsoft sobre o Evento World War III / Oscar Mike 
Comunicado
Colocado em 1/Jun/2013, 11:27

A Associação Lusitana de Airsoft (ALA, APD) vem por este meio proceder á emissão de um comunicado, o que faz nos devidos termos e fundamentos:

1. Por circunstâncias várias, não foi possível manter o processo de concretização do Oscar Mike 2013, com a organização que realizou o anterior.
2. Face ao tempo de que dispunha esta Associação para planear e executar o Oscar Mike 2013, era completamente inconcebível fazê-lo em tempo.
3. Ora, a marca Oscar Mike, é pertença da ALA, APD e neste sentido a Direcção da mesma reuniu para encontrar soluções profícuas para garantir o evento em tempo útil e dentro dos ditames, apanágio desta marca.
4. Foi decisão deste órgão, reuniu-se com a organização do evento WWIII, na pessoa do Exmo. Senhor João Fernandes em Coimbra, estávamos em finais de 2012.
5. Ficou acordado que o evento WWIII, por considerar-se que detinha características, capazes de representar a marca Oscar Mike, passaria a chamar-se WWIII/OscarMike.  Marcou-se reunião para aferir situações logísticas.
6. A ALA – APD, atribuiu a marca ao evento WWIII, não tendo qualquer participação monetária na sua forma de activos ou passivos no que concerne ao evento WWIII/OM.
7. As condições para a atribuição da marca OSCAR MIKE ao evento WWIII foram as que infra se discriminam e são do conhecimento de todos, nomeadamente os que tiveram o prazer de participar no OSCAR MIKE 2012:
a) Existência de helicópteros no evento;
b) Existência de viaturas blindadas de cariz militar da Associação Portuguesa de Veículos Militares Antigos;
c) Salto Tandem;
d) Segurança do evento.
8 . Sempre foi garantida à ALA, APD que estes requisitos seriam cumpridos na íntegra, o que em   bom rigor não aconteceu de todo, em todo, comprometendo a marca e a vivência de todos os que acreditaram e estiveram presentes no evento.
9 . Nas reuniões que se realizaram ao longo dos meses que antecederam o evento, sempre foi assegurado por o Exmo. Senhor João Fernandes que tudo estava ser tratado com as entidades não só lúdicas como com a PSP, nomeadamente a DAEXP, bem como licenças camarárias.
10. Quando foi confrontado com a questão pedagógica das missões que se iam desenrolar no evento, começou-se a desenhar manobras evasivas e a sonegar informação, no que concerne a jogadores presentes no evento.
11. A 10 dias úteis do evento, fruto de insistência da Direcção da ALA – APD, revelou que nada tinha feito no que concerne a licenças, usando o argumento de que tudo seria tratado através da PSP de Coimbra.
12. Ora, considerando que a DAEXP, é quem tem a reserva absoluta destas matérias, foi a própria ALA – APD, na pessoa do seu Presidente, que se deslocou a este órgão para sanar a situação, que apenas se conseguiu através da boa vontade e compreensão e fundamentalmente cooperação, deste órgão de polícia criminal. 
13. Participantes com bilhetes comprados, hotéis reservados, inscrições de jogo pagas, jogadores estrangeiros a fazerem quilómetros de carro, para estarem presentes neste evento, acreditando que todos os requisitos dos OSCAR MIKE, estariam presentes, foram defraudados em tudo. Inclusivamente o Senhor João Fernandes a poucos dias do evento, publicou no facebook, fotos do Oscar Mike de 2012, induzindo quiçá em erro que os requisitos, referidos no ponto 7 estariam presentes.
14. A ALA-APD, acreditou como os restantes que estiveram presentes, em tudo. Todavia, soube como os restantes que tudo era aparente, mas irreal. Face a toda esta conjuntura que fazer?
15. Cancelar a actividade, seria irresponsável e as pessoas tinham acabado de chegar a campo, com toda a boa vontade que caracteriza qualquer participante de airsoft.
16. Face ao cenário encontrado e há manifesta incapacidade demonstrada do responsável do evento, que determinou inclusivamente pela sua inércia a saída antecipada de vários jogadores, alguns deles estrangeiros, não restava outra solução do que a ALA-APD chamar a si a componente pedagógica e de gestão das operações de jogo. Porque as pessoas que jogam airsoft, jogam-no por paixão e dedicação.
17. Importa tornar claro que a ALA-APD, não assume quaisquer responsabilidades decorrentes de compromissos assumidos e incumpridos pelo Senhor João Fernandes, o qual continua a ser o único responsável pelo evento no que concerne a activos e passivos e bem assim responsabilidades perante os jogadores.
18. A ALA-APD, fez e sempre fará e dará o seu melhor pelos jogadores sejam eles de que país forem, defendendo os interesses dos seus Associados e não esquecendo todos os outros jogadores que acreditaram como nós no projeto.

Até ao Oscar Mike 2014 feito por nós, sem a participação de nenhuma comissão organizadora externa,  ALA-APD.

Com um forte abraço

Luís Silva
Presidente da Associação




_________________________________________
voltar | início

Associação Lusitana de Airsoft 2005-2013
A Associação Lusitana de Airsoft é uma Associação de Promoção Desportiva cuja publicação consta no Nº65 da III Série do D.R., a 4/04/2005, sob a denominação de Federação Portuguesa de Airsoft.
Última rectificação estatutária a 12/08/2011.
A reprodução parcial ou integral desta página web sem o consentimento da Associação Lusitana de Airsoft, assim como a utilização do nome e logótipo oficial, está expressamente proíbida.