Inscrições onlineRenovações online Contactos Ala AirSoft
 ALA
 Airsoft
 Documentação
 Associados
 Regulamentos
 Serviços FPA





Comunicado: Apelo à razão perante recentes rumores 
O lançamento de rumores relativamente ao papel da PSP na regulamentação do Airsoft consistiu num episódio negro na história do Airsoft, prejudicando a neutralidade e colocando em risco a sua prevalência. A FPA apela à razão, aproveitando para delimitar o seu território e ilibando-se de qualquer responsabilidade pelos actos cometidos.
Colocado em 10/Sep/2006, 23:17
Perante os últimos acontecimentos nos vários fóruns nacionais de airsoft que existem na internet, a Federação Portuguesa de Airsoft - APD comunica que:

- repudia veementemente as declarações de dois praticantes de airsoft sobre uma eventual legislação a ser publicada. Algumas dessas declarações já foram refutadas com a publicação da Portaria 931/2006 na I Série do Diário da República de 8 de Setembro de 2006 e pela própria Direcção-Geral de Armas e Explosivos da Polícia de Segurança Pública (DGAE da PSP);

- a FPA sempre contradisse publicamente algumas dessas declarações, indicando que estas não correspondiam à verdade. Provou-se que a FPA estava correcta;

- condena totalmente o uso abusivo e irresponsável do nome da DGAE da PSP e de elementos a ela eventualmente ligados;

- reafirma a vontade de colaborar totalmente com todas as autoridades nacionais;

- demarca-se totalmente de fóruns ou sites na internet que não os da própria Federação;

- só prestará esclarecimentos seja do que for no seu site e nos e-mails à FPA dirigidos;

- A FPA é unicamente responsável pela informação contida no presente site e pelos clubes e praticantes associados. A FPA não é uma instituição pública, nem é de todos. A FPA é de todos aqueles que se inscreveram nela;

- reafirma a vontade de lutar, como até aqui, por um airsoft cada vez melhor em Portugal.

É do interesse geral, e em particular dos filiados na FPA, que deixem a Federação Portuguesa de Airsoft trabalhar com as autoridades para que a prática de Airsoft fique definitavamente legal no nosso país, evitando telefonar para a DGAE, saturando esta direcção com assuntos repetitivos, orientando todas as dúvidas para nós. As insistentes intervenções pessoais de praticantes junto da Polícia de Segurança Pública e outras entidades em nada abonam em favor do Airsoft.



_________________________________________
voltar | início

Associação Lusitana de Airsoft 2005-2013
A Associação Lusitana de Airsoft é uma Associação de Promoção Desportiva cuja publicação consta no Nº65 da III Série do D.R., a 4/04/2005, sob a denominação de Federação Portuguesa de Airsoft.
Última rectificação estatutária a 12/08/2011.
A reprodução parcial ou integral desta página web sem o consentimento da Associação Lusitana de Airsoft, assim como a utilização do nome e logótipo oficial, está expressamente proíbida.